quarta-feira, setembro 30, 2015

Sociopata em construção

Todos os hóspedes que acabam por vir parar (uns por fruto do acaso, outros devido às estratagemas de alguém...) ao Motel do pai de Ted nunca lá mais regressam. Tal como a mãe de Ted que o abandonou e trocou a sua família por uma boleia de um hóspede rumo à Flórida... É neste ambiente desolado e desprezado que um miúdo (Ted) vai desenvolvendo as suas tendências sociopatas.
Uma das críticas que apontam a este "The Boy" é que tem demasiadas cenas dispensáveis, que não acrescentam nada ao enredo. Ou seja, que o seu realizador deveria ter ficado pela premiada curta-metragem ("Henley"), que serviu de inspiração e deu origem a esta "longa". 
Não podia estar menos de acordo. Cada sequência de imagem neste filme parece-me fazer todo o sentido. Não são mais que todas as pistas para entendermos a evolução de uma mente perturbada e como ela vai arquitectando os seus planos. Um facto assustador é saber que o dono desta mente tem 9 anos. Um facto ainda mais assustador é que o filme coloca-nos do seu lado, do lado perverso da história e a torcer para que tudo corra pelo pior.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home